LusoBrasilAcadêmico

Portalegre é um distrito português localizado no leste de Portugal. Limita-se a leste com a Espanha, a Sul com o distrito de Évora, a oeste com o distrito de Santarém e a norte com o distrito de Castelo Branco. Ou seja, está entre grandes centros regionais daquela região e, por estar a leste do país, se torna um ponto natural no caminho entre Portugal e Espanha. Ao contrário da maioria dos distritos, a maior cidade não é a sua capital Portalegre, mas sim a cidade de Elvas. O distrito não apresenta grande população, e a população é menor que seus distritos vizinhos. Todavia, este fator não deve fazer com que se elimine o distrito como uma alternativa a não ser considerada na hora de escolher onde estudar em Portugal. Pelo contrário, o distrito conta com o Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre), reconhecido por sua excelência. Além disso, a região está próxima de outros grandes centros, facilitando visitas, passeios e viagens quando se desejar espairecer.

Com a finalidade de apresentar todos os pontos positivos, fizemos esta página falando sobre Portalegre. Acompanhe!

Por que estudar em Portalegre?

Como já citamos, Portalegre é uma região de transição. E não apenas entre grandes centros urbanos, mas também entre geografias, climas e culturas diferentes.
Dessa forma, o estudante que escolhe o distrito de Portalegre para morar e estudar não corre riscos de sentir tédio com a sua decisão, visto que ele terá um grande leque de alternativas para passeios e locais para visitar.
A história local também é riquíssima. A região tem suas raízes na civilização celta, que ocupou a região até mesmo durante o período de ocupação romana na região da Lusitânia.
No século VIII a região foi ocupada pelos mouros e no século XIII reconquistada pelos cristãos portugueses.
Esse grande embate militar e étnico deixou um grande legado patrimonial e arquitetônico para a região. Muitas obras podem ser visitadas e conhecidas, como o Forte de Santa Luzia, as muralhas e o castelo de Elvas, o castelo de Portalegre, o castelo de Alegrete e a porta do Crato, entre outros.
Mas nem só de construções históricas vive a cidade. Há também uma grande quantidade de museus e mirantes. Os cafés são empreendimentos comuns, e um dos mais antigos e tradicionais é o Café Alentejano, que vale a pena conhecer.

Para quem gosta de assistir peças de teatros e filmes, é possível fazê-lo no Centro de Artes e Espectáculo de Portalegre, um grande centro cultural destinado às atividades musicais, cênicas e também à sétima arte. 

Clima

O clima no distrito é um pouco diferente do restante de Portugal. A distância da região com o mar mediterrâneo faz com que a amplitude térmica local seja bem maior. Assim, os verões são bastante quentes (em muitos casos, a região é a mais quente do país durante o verão, com temperatura ultrapassando os 40º C!).

Durante o inverno, o efeito reverso ocorre. A região é bastante fria e não é incomum que as temperaturas fiquem abaixo do 0º C— geadas e queda de granizos são comuns

Alimentação

O distrito tem uma rica simbiose com a gastronomia. Uma prova disso são os seus eventos culturais, como a ida à espiga no dia da espiga, a ceifa, o desfile das Maias e a apanha da azeitona. Na literatura, o escritor José Régio retratou em suas obras essa ligação. A gastronomia local também pode ser conhecida como gastronomia Alentejana. Além do bacalhau comum a todo Portugal, há muitas sopas, uso de carne suína e, claro, os doces — tão tradicionais e ricos em várias regiões portuguesas.

A tradição e riqueza da gastronomia local não significa que os preços sejam exorbitantes. Pelo contrário! As melhores opções são baratas e você pode fazer uma refeição tranquilamente por menos de 8 euros. Nos refeitórios do IPPortalegre, o custo é ainda mais baixo: apenas 2,50 euros por estudante.

Não deixe de provar!

Arroz doce

Migas com carne de porco

Sopa de cação

Alojamento

Assim como ocorre em outros institutos politécnicos portugueses, a preferência de atribuir alojamento estudantil para estudantes é conferida para aqueles que foram contemplados previamente com uma bolsa de estudos. Desta forma, o custo do quarto individual para estes estudantes é de 110 euros, o quarto duplo por 76,79 euros e o quarto triplo por 60 euros (custo por pessoa). Os estudantes bolsistas recebem ajuda de custo para pagamento do alojamento de 76,79 euros. Há também a opção de alugar quarto em apartamento compartilhado. Os preços variam de 150 euros a 220 euros. 

Transporte

O transporte público é eficiente, mas não é muito exigido para quem mora na cidade. A população é pequena, assim como o tamanho da cidade. Desse modo, boa parte das atividades podem ser feitas a pé. O transporte é mais requerido para a locomoção entre outras cidades.

A distância entre as duas principais cidades, Elvas e Portalegre, é de aproximadamente 1 hora de carro.

Onde estudar em Portalegre?

A opção de estudo em Portalegre é o IPPortalegre, que se divide em 4 núcleos: Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS), Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), Escola Superior de Saúde (ESS) e Escola Superior Agrária (ESAE).

Destas, todas se localizam na capital Portalegre, exceto a Escola Superior Agrária, que está situada em Elvas. Ao todo, o IPPortalegre oferece oportunidades em diversas áreas do conhecimento, divididas em 18 licenciaturas, 13 mestrados e 2 pós-graduações.

O que estudar em Portalegre?

Não deixe de conhecer!

Sé Catedral de Portalegre

Forte de Nossa Senhora da Graça

Parque Natural da Serra de Mamede

Castelo de Elvas

Acredita que estudar em Portalegre é uma boa opção para você?

Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo nesse processo!

Você também poderá ver...

Beja

Évora